invoga-brancamourao

FESTA NO CLOSET com Branca Mourão

dezembro 9, 2014 por InVoga - Nenhum Comentário

Nossa anfitriã é considerada a fada madrinha das noivas, por criar o cenário perfeito para o grande dia. Seu apartamento, localizado na Aldeota, também é um sonho – realizado após quatro anos de busca e um ano e meio de reforma. Foi lá, onde mora com a família há 10 meses, que Branca Mourão nos recebeu e revelou um pouco de sua intimidade.

O gosto pelo design transparece em cada detalhe: da casa ao figurino escolhido para a entrevista, um vestido Missoni com sapatos da Gucci, ambas grifes italianas. Branca também reserva um lugar no closet para marcas e estilistas nacionais, como Lino VillaVentura, um de seus preferidos. E haja espaço para guardar todo o acervo da decoradora, que também é fashionista assumida! Mas, apesar da paixão pela moda, ela alerta: “não compro modismo. Gosto de peças sem prazo de validade. Por isso, a exigência por um closet espaçoso e funcional.”
Seu recanto fashion, assim como todo o projeto, foi assinado pelo marido, o arquiteto Racine Mourão, mas cada centímetro também tem o dedo de Branca. Uma cadeira assinada ali, uma peça de antiquário acolá e alguns santinhos espalhados pela casa e uma devoção absoluta a família, seu bem maior. “Para mim, aquilo que eu tenho de maior valor é a relação casa-família.”

Você é uma das maiores decoradoras de festa da cidade. Como descobriu esse talento?

Minha formação é em Ciências Contábeis. Não tem nada a ver com a minha área, mas eu já tinha jeito para fazer arranjos e fui bastante influenciada pela arquitetura do Racine. Certa vez, uma cliente dele me convidou para fazer a decoração de uma festa. Foi uma aposta. A partir desse trabalho comecei a tomar amor pelo setor de festas. Já faz 13 anos e eu gosto demais.

Como é a sua rotina hoje?

De segunda a sexta saio de casa por volta das 09h para os atendimentos no escritório. Eu volto para casa umas 18h30 para estar com os meninos, olhar as tarefas. No sábado, especificamente, eu saio 07h da manha e não tenho hora para voltar. Volto apenas quando está tudo pronto.

Você tem três filhos, né? Como é conciliar a rotina com a maternidade?

É bem atribulado! A gente passa pouco tempo com eles, mas dá muita atenção. Almoçamos em casa todos os dias e à noite eu gosto de fazer o jantar, de estar com eles. Por menor que seja o tempo, tendo esse espírito de amor e união dá para conciliar.

Do que você não abre mão?

De estar com a minha família. Eu brinco que a gente que trabalha com festa vende o melhor dia da semana. Enquanto todo mundo está indo para a praia, estou, na maioria das vezes, em um buffet para montar um casamento. Você vende um sonho, mas é seu melhor dia da semana. No domingo, adoro estar em casa com eles, cozinhar.

Qual é o seu lugar preferido na casa?

Meu lugar preferido da casa é o quarto. A gente passa muito tempo fora, trabalhando, viajando. É uma vida muito corrida! E como no final de semana eu estou em festa, domingo é o dia de ficar em casa.
As mulheres também tem uma relação especial com o closet…
O Racine conseguiu atender todos os meus anseios de mulher, com um espaço funcional e ao mesmo tempo com certo glamour. Queria algo meio loja da Gucci, sabe? Eu sou muito ligada à moda e ao mesmo tempo a gente acaba consumindo bastante. Então, o projeto foi pensando para que tudo ficasse acessível e organizado.

invoga-branca3

Qual o diferencial do seu trabalho?

Exclusividade. A gente procura fazer com que cada momento seja totalmente diferente do outro. Eu posso até usar os mesmos elementos, mas o resultado fica diferente. Acho que personalidade é uma das nossas marcas.

Quais são os principais elementos para uma boa decoração?

Equilíbrio. Nem demais, nem de menos. A gente vê festas que a noiva gasta muito dinheiro e faz muita coisa. Fica demais! Já acho que acaba indo para o brega. Tem outras que não tem nada. Então, tem que ter um equilíbrio.

Você enxerga alguma relação entre moda e decoração?

Demais! Totalmente interligados. A gente visita a feira de Milão todos os anos e observamos como essa ligação é forte. Tudo o que lançado lá como tendência de decoração, em relação a cor, tecido, puxa para a moda também.

Qual o seu look preferido?

A minha filha brinca que parece que eu vou para uma festa sempre. Eu adoro me produzir, mas no dia a dia eu uso muito saia e camisa de alfaiataria, de seda ou popeline.

Tem alguma peça com um valor especial para você?

A gente vai muita a festa por conta da minha profissão, então acaba que o meu estilista preferido para a noite é o Lino. Eu adoro as peças dele. Acho exclusivas, acho que vestindo um Lino Villaventura você se sente outra mulher. É quase como incorporar um personagem. Você se sente pronta para qualquer ambiente e para enfrentar qualquer olhar, mesmo os mais críticos. Logo, as minhas peças xodó são da linha Lino Villaventura, assinadas por ele.

O que leva em conta na hora de escolher uma roupa?

Eu sou mais clássica, então, eu não gosto nada de modismo ou muito despojado. Se eu puder escolher, vou olhar sempre para uma saia que tenha um corte mais reto e uma linha atemporal. Eu não sou aquela consumidora de camiseta e calça jeans, não é muito meu estilo.

O Racine opina nas suas produções?

Totalmente. Acaba que a gente tem o estilo um pouco parecido. Apesar de gostar de me arrumar, eu não sou extravagante nas cores, em nada. E ele diz muito isso. Ele diz que loira de vermelho jamais! É out. Rss. Como eu tenho o estilo mais clássico, ele não se preocupa porque sabe que eu não vou errar muito.

O que você gosta de comprar quando viaja?

Eu sou muito fissurada em bolsa e sapato. Sempre que viajo já levo aquelas duas ou três listas de coisas que tenho em mente para comprar. Lógico que você não consegue obedecer a wishlist por completo, mas a gente tenta. Eu sou muito ligada à moda mesmo. Quando viajo, trago roupa, sapato, bolsa, óculos, perfume. Joia não. Eu gosto de prestigiar as nossas joalheiras locais. A gente tem grandes empresas de joias aqui em Fortaleza, que representam marcas do mundo todo.

Qual o seu sonho de consumo?

Embora você diga: ah meu sonho de consumo é uma bolsa da Prada, vá lá e compre, daqui a pouco você tem outro. Eu acho que os sonhos de consumo movem a gente a buscar, instigam a gente a progredir. A gente realizou várias coisas. Na minha idade, eu acho que já consegui realizar vários sonhos de consumo.
A gente tinha o sonho de conhecer o Egito e fizemos essa viagem recentemente. Outro era o Marrocos. A gente ama viajar e faz isso pelo menos umas três vezes ao ano. Meu sonho de consumo era a casa, realizei. Sonho de consumo a gente sempre tem, né? A gente já realiza aquele de olho no outro.

Tem um limite para vaidade, para consumo?

Eu acho que sim. Vejo muita gente com procedimentos estéticos que passam do limite. Eu acho que a gente tem que se policiar para ter um limite e não se deformar.
Eu sou vaidosa, vou a cirurgião plástico, faço preenchimento, mas acho que tem um limite. O Racine me policia muito nisso também. Hoje as pessoas ficam artificiais de tanto que procuram ficar bem demais. Com a busca incessante pela beleza e pela juventude as pessoas acabam não aparentando a idade que tem, e aí acaba ficando estranho.

invoga-branca2

O que é elegância?

Elegância para mim é você vestir uma roupa e se sentir absolutamente à vontade. Você pode estar com um vestido prêt-à-porter e não estar à vontade vestindo aquela roupa, aí não vai estar elegante. Ao mesmo tempo, você pode estar de rasteirinha e não estar se sentindo bem com aquele visual. Eu acho que elegância é isso: você sentir-se bem com suas escolhas e atitudes.

E ser cool?

Cool para mim é ser natural em qualquer situação. Eu saio assim toda produzida, mas me sinto absolutamente normal, como se estivesse de rasteira, calça jeans e camiseta. Eu entro e saio de qualquer ambiente me sentindo tranquila. Eu gosto de estar assim.

O que te inspira?

A felicidade inspira. Eu sou uma pessoa muito alegre, muito alto astral. Já procuro acordar achando que a vida é maravilhosa, que você foi presenteado por Deus, por estar vivo. Nos dias em que não estou tão bem, aí é que eu me arrumo mais, coloco um sapato alto, um bom perfume e já saio com outro ânimo!

invoga-branca4